Nos 29 anos, uma Associação Viva!

A nossa Associação comemorou os 29 anos de existência no passado dia 1 de Dezembro. A data, tal como acontece anualmente, foi assinalada de forma simples e informal (com o sopro das velas, os parabéns e o corte do bolo).
Mas o que são 29 anos de existência? Na vida de um ser humano é muito pouco, pois estamos em plena juventude. No percurso de uma colectividade, é muito. Ao longo destas quase três décadas, foram muitos os momentos altos vividos por todos aqueles que passaram, ou fazem parte, da ACSRFR. Quem não se recorda, entre centenas e centenas de actividades, dos Campos de Trabalho Internacionais e Nacionais, de Férias, os Intercâmbios, as deslocações aos Açores, a construção da sede social, o Estatuto de Utilidade Pública, a filiação do Rancho da Federação Nacional de Folclore, os Encontros Nacionais de Folclore e de Cânticos, a fundação da Jornal “Folclore”(hoje “Voz de Retaxo”), as diversas edições de livros (de autores locais), de cassetes e do CD do Rancho, os Espaços do Banco Alimentar e do Aconchego, as formações em informática, e, actualmente, o Curso EFA (para 15 desempregados)?
Ocupando um espaço importante, e fundamental, na nossa Comunidade, a ACSRFR está em actividade constante e diária. Com vertentes tradicionais, formativas, recreativas e sociais, tem vindo a renovar-se ano após ano, não só investindo na formação dos seus dirigentes e componentes, mas igualmente em equipamentos que prestam serviços à nossa população, e vão enriquecendo o património da colectividade. Em tempos de voluntariado e solidariedade, a ACSRFR tem sido em exemplo.
Que dure, e perdure, por muito mais décadas!

José Luís Afonso Pires
(Presidente da Direcção)

Anúncios

Validação e Certificação ao Nível do 6º, 9º e 12º ano

Estão em fase de iniciação do processo de validação e certificação de competências, dois grupos, um para o 6º/9º e o outro para o 12º ano, num total de mais de duas dezenas de formandos. O Centro RVCC da Escola Secundária Nuno Álvares e a ACSRF de Retaxo mantêm um protocolo de colaboração, que ao longo dos últimos anos já deu excelentes frutos, com a formação de largas dezenas de cidadãos, residentes na nossa e noutras freguesias.

10º Encontro de Cânticos Natalícios e Religiosos

Em pleno Advento, o Rancho Folclórico levou a efeito mais um Encontro, a 10ª edição.
As regiões da Beira Alta, Beira Litoral e Beira Baixa, estiveram representadas pelos Ranchos Folclóricos de Santo Amaro de Azurara, Pouca Pena e Retaxo, três bons projectos que não se limitam a recolher, preservar e apresentar em público, as habituais danças, mas, e muito bem, recolheram outras vivências dos seus antepassados.
Após a sua chegada a Retaxo, e lhes ter sido servido o jantar, todos se deslocaram para a Capela de Nª Srª da Guia, local do Encontro. No templo, que apresentou uma boa moldura humana apesar do muito frio que se fazia sentir, foram entoadas, entre outras, loas ao Deus Menino e a sua Mãe.
No final desta iniciativa, encerrada pelo Grupo anfitrião, a satisfação de todos os presentes era enorme, satisfação essa, bem patente nos muitos aplausos dirigidos aos três grupos.
Para o ano, o Encontro regressará com a 11ª edição.

José Luís